Archive for the ‘vida escolar’ Category

Desabafo

15 de abril de 2011

Vou tentar ser breve no relato, mas tem coisas que tenho que explicar, senão o resto não vai fazer muito sentido. Essa é uma história verídica, que me ocorreu há uns três anos atrás. Por motivos óbvios, não citarei nomes.

Namorava há 1 ano e 4 meses e nesse tempo fui na casa dela no máximo umas dez vezes , passando sempre menos de meia hora. Motivo: o pai cuzão.

Mas quando eu falo cuzão, é um cuzão mesmo. O cara sempre me esnobou. Das vezes que nos cruzamos, o maluco fazia questão de me fazer sentir um bosta, me humilhar e tripudiar. Além do fato de eu comer a filha dele, o outro motivo pelo qual ele me odeia é aquela clássica diferença classe. Quem já assistiu algumas das trinta temporadas de Malhação (@netoleonz) manja como é.

Não sou pobrão master, minha família é de classe média, na época eu estava apenas terminando o ensino médio. Já os pais dela vinham de família rica, gerações e gerações de engenheiros e tal, rios de grana.

Como a filha dele foi se apaixonar por mim? Outros 500.

O cara achar que eu estava ali por causa do dinheiro já era um motivo escroto, tendo em vista que a filha dele é linda, e até se fosse favelada eu me apaixonaria por ela do mesmo jeito, mas PORRA, JÁ FAZIA MAIS DE UM ANO, custava o cara levantar bandeira branca e ficar em paz?

Explicada a situação, vamos aos fatos:  era época natalina e minha família ia viajar pra casa de uns parentes, eu preferi ficar sozinho em casa curtindo a vida intensamente na internet.

Quando você namora e sua namorada não curte seus amigos, inevitavelmente você se afasta dos caras, é o famoso “ou eles ou eu”.  Penso diferente hoje em dia, mas na época era uma situação nova pra mim.

Sem família, distante dos amigos, não tinha outra alternativa a não ser ficar com ela. Odiei a ideia de passar a ceia natalina na casa dos pais dela, lógico, mas ela insistiu, disse que não tinha problema e que tudo ia acabar bem.

A mãe dela não é necessariamente uma vadia rica, sempre me tratou com educação, a mesma educação que ela tem com os empregados, mas ok. Tem uma irmã também, mas é adolescente rica autista, não esboça emoção, não é bonita e não faz diferença, só citei porque ela também estava na mesa.

Vamos pular para a ceia. Já podem imaginar que o sogrão gente boa além de não olhar na minha cara, fazia questão de mandar indiretas, a fim de humilhar este fodido que vos fala. Depois da meia-noite, começou uma palhaçada que vou chamar de “rage-time”.

Primeiro rage-time: a empregada estava servindo todo mundo, chegando na minha vez ele INTERROMPEU a mulher, falou pra ela deixar os negócios em cima da mesa lá que eu sabia me servir sozinho. Que eu estava acostumado com self-service. Imagina aí já minha cara de lixo. Minha namorada, que não enfrentava o pai, fez um olhar de tristeza e me serviu. Tentei pensar em outras coisas, tentei relevar.

Segundo rage-time: meu celular tocou, minha mãe querendo dar Feliz Natal, fui atender na inocência, ele deu UM SOCO na mesa e berrou: – VOCÊ NÃO SABE QUE ISSO É FALTA DE EDUCAÇÃO, CARA? Essa minha mãe ouviu, levantei da mesa e fui falar com ela. Quando voltei, ele tinha tirado o meu prato da mesa. A essa altura, vocês já imaginam o quão puto eu estava. Foda-se a ceia, foda-se tudo, nem fome eu tinha mais. Minha namorada empurrou discretamente o prato dela pra mim. Disfarçando, perguntou quem era, falei baixinho que havia sido minha mãe.

Rage-time final: o filho da puta TINHA que fazer piadinha com a minha mãe, né? Quando ele ouviu, fez um comentário, dessa vez diretamente pra mim: – A sua mãe não tem coisa melhor pra fazer do que ficar ligando pra celular na hora da janta? É muita folga. Empregada folgada assim aqui comigo se fode.
Não dava mais, eu ia me sentir um BOSTA pro resto da vida se eu não quebrasse os dentes daquele cara ali mesmo. Tá bom que ia acabar o namoro, tá bom que eu também poderia apanhar, que ia acabar com o Natal da família, mas ofender assim alguém que nem estava ali pra se defender, alguém que eu sei que dá um duro do caralho pra viver, ser motivo de gracinha pra aquele lixo de pessoa. Toquei o foda-se, não lembro exatamente as palavras porque tava muito nervoso mesmo, mas foi mais ou menos isso:

– ESCUTA AQUI SEU IMBECIL, TU QUERER TIRAR ONDA COM A MINHA CARA HÁ MAIS DE UM ANO JÁ É UM BOM MOTIVO PRA EU TE QUEBRAR, AGORA OFENDER A MINHA MÃE SEM MAIS NEM MENOS…

Ele me interrompeu, simplesmente gritou – FALA BAIXO, SEU FAVELADO – e jogou o copo em mim, pegou no meu braço.

Imagina o caos que tava essa mesa, minha namorada tentando me segurar, a esposa puxando ele, a outra louca autista chorando, eu naquele ódio já tava disposto a matar ele ali mesmo. Ele veio, dando a volta na mesa igual um touro pra me pegar, eu firme encarando ele, enquanto ele vinha, eu via a janela da sala de jantar grande de fundo.

Vi o que parecia ser uma aeronave não tripulada pequena passando rápido, logo atrás uma espécie de exoesqueleto metálico armado com uma metralhadora, de repente, um estrondo ensurdecedor seguido de um clarão. Era o início da era das máquinas.

Anúncios

GRAWR

26 de maio de 2010

uahahuaahuhaua que zuado esse titulo ndv né mntira tem tudo a vê sim )):

aconteceu uma fatalidade no meu passado, que eu preferia esquecer do que ficar remoendo isso, pq sei la é mo tristaum gente cês num vao tender , mas saca só vo dividir com vocês.

Tudo começo a uns 8 anos atras, tpw eu tinha 11 anos né tava entrndo na puberdade, cresce os pelos, as zunha, a gente começa a feder mais kkkkkkkkk e as gatas(só as gatas) começam a ficar com peitos*daora isso* ae bls né, tava na escola, estudando diboa. Como todo filho do cão atentado como eu era, eu tnha que descntar minhas frustrações em alguém, ae vi uma mina troxa la patty né leka chata, ae comecei a zuar ela jogando bolinha de papel com cuspe no cabelo dela kkkkkkkkk pq na arte de zuar eu nao tenho limites ndv kk pois é ae a mina fico locassa das ideias do tipo rugir e rosnar pra mim )): ae ela me deu um tapa na cara, até ae td bem SÓ que, aconteceu algo mais, apos esse incidente maldito eu comecei a me tremer uns barulhos estranhos rolaram na sala e talz as janelas se abriram e um vento frio do norte começou a soprar meus olhos ficaram brancaum e minhas unhas cresceram e eu tva peludão sei la foi LOKO ae comecei vuar em cima da patty né deixei umas cricatrizes dahora no coro dela kkkkkk e tomei uma suspensão de 3 dias ))):*mas eu curti fiquei em casa jogando videogame e tomando nesquik uhahuuaha*

ae foi isso galera flw

(more…)

Faculdade, como proceder?

4 de março de 2010

Nesse post aqui né, vo tentar mostrar a vocês seus tabacudos do caraliu, qual curso lhes aguarda na faculdade, meio tarde ja que o enem ja passo né :T, mas foda-se, tem enem esse ano e muita gente feliz e bonita -n vai fazer né e la vamos nós né:

Lingua portuguesa: so tem viado, precisa nem de mais comments.*se a nats ler isso, ela vai concordar né kkkkk*

Engenharia florestal: é pra voce aprender a reconhecer pau pelo cheiro( via @caiotsuh)

Engenharia da pesca: você aprende a manusear a vara com precisão.

Ed. Fisica: maior concentração de gostosa dps de medicina e odontologia.

Historia: 90% é lesbica.

Serviços sexuais: auto-explicativa né pqp.

Filosofia: maioria maconheiro né, so assim pra alcançar altos graus de intelectualidadiiii.

Contabilidade e economia: crtz ja pensou em bater com o carro só para ver como é que é, enfiou o dedo na tomada pra ver se dava choque, pulou da janela do seu quarto para ver se iria doer. CURSO DE MASOQUISTA!

Adm: velho, so faz adm quem nao sabe o que quer da vida né.

Direito: futuros politicos ladrões.

Biologia: vai ser professor.

Biblioteconomia: nunca vi ninguém formado nisso, serio. aprender a mexer com biblioteca zzzzzzzzz.

Ciencia da computação: tudo nerd punheteiro.

Engenharia da computação: idem de Ciência da computação.

Enfermagem: curso de quem não passo em medicina.

Bem, esse é um resumo do que lhes aguarda na faculdade amicos :/ *espeficicamente na UFAM*- se você tem alguma reclamação e me acho preconceituoso, enfie sua ideia no cu, não to nem ae. bjs.

@netoleonz